Sala de estar

X42R8NZAVX

Na minha casa, quando a porta da rua se abre, entramos logo na sala. É um espaço amplo, com luz, onde acolho quem chega. A sala é o ponto de partida e de chegada.  De lá saímos para o mundo e lá chegamos com tudo o que que vivemos, para nos recolhermos.

A sala é a “guardiã” de alguns tesouros. É lá que habitam os meus livros. Tenho-os numa estante, todos organizados: viagens, espiritualidade, psicologia e educação, coaching e saúde, romances e livros infantis. Inspirações. De vez em quando, re-organizo-a. Aqueles que há muito já não são lidos vão conhecer novas mãos nas bibliotecas que habitualmente frequento. Gosto disto.

A sala é o espaço onde tomo as refeições principais, onde reúno a família ou os amigos.Na sala, à volta da mesa, enquanto se saboreia o que preparei, cada um pode partilhar o que lhe  vai na alma e no coração, . Os almoços e os jantares são demorados. Sem pressas. É aí que nos ligamos uns aos outros. Há sempre qualquer coisa para dizer.

Da janela da minha sala vejo o céu, as árvores e uma pedreira. Não há prédios. Só natureza. Sentada no sofá, gosto de costurar e tricotar, com os miúdos por perto ou sozinha. Pouco importa. Sinto-me aconchegada. Olhando ao meu redor, aqui e ali, vejo postais de quem viaja pelo mundo e fotografias que recordam bons momentos.

Este é o espaço onde partilharei sugestões de leitura (inspiradoras, interessantes, relaxantes….), onde darei conta de projectos que tenho em mãos, onde receberei convidados que me têm inspirado numa ou noutra área. Aqui, na minha sala,  é o espaço onde estarei disponível para acolher, ouvir e apoiar quem quiser fazer mudanças na sua vida.