Quarto dos miúdos · Sala de estar

Adolescência dos filhos: uma nova oportunidade na vida dos pais!

Completamentamente encantada e enamorada com a adolescência dos meus filhos (uma amiga que vive em Madrid, dizia-me: “tens que escrever sobre o tema, a maioria das pessoas não olha assim para essa etapa de vida”),

É um desafio, como tantos outros. Há dias em que há “choro e ranger de dentes” (meu e /ou deles) mas é fabuloso vê-los assim, crescer, cheios de força e vitalidade. Com o anseio de conquistar o mundo, com a certeza de que farão diferença por onde passarem. Com um sentido de justiça que muitas vezes me faz parar e questionar o que digo, penso e vivo.

Agora, eu com outra maturidade (e com muito caminho feito) agarro esta oportunidade que a vida me dá. Porque se é verdade que os primeiros seis anos de vida de uma criança são marcantes, a adolescência (dos 12 aos 24 anos, como refere Daniel Siegel e como falava Maria Montessori) é claramente a minha segunda oportunidade para os equipar para partirem para o mundo. E, desta vez como uma coisa que adoro – eu sou o adulto mas eles mais do que três adolescentes são três companheiros de viagem.

É maravilhoso ver a mais velha ensaiar vôo de partida – cuidando de si, experimentando ir ao médico sozinha e descobrindo como é isso de fazer análises pelo seu próprio pé. É fantástico poder ensaiar com o do meio a capacidade de pedir perdão, ser perdoada e aceitar pedidos de desculpa. É encantador ver a energia da mais nova para querer gerar dinheiro e assim conseguir participar no seu primeiro festival gímnico internacional.

Mas se há dias de verdadeira comunhão cá por casa, há outros em que cada um ruma para seu lado. E por isso, antes de partirem para casa do pai, na última semana ficou a promessa: “Vou escrever os princípios orientadores da vida da nossa família. Há algo que gostassem de ver lá registado?” Já foram e já vieram e, no primeiro dia desta nova semana, partilhei com eles aquilo que acredito serem as raízes que nos podem segurar à terra nos dias de tempestade e assim aprendermos a tirar partido dos vendavais da vida, vivendo-a de um modo mais pleno e satisfatório.

Completamentamente encantada e enamorada com a adolescência dos meus filhos!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s