Quarto dos miúdos · Sala de estar

Pela estrada da vida: o ano lectivo começou!

bicicleta Matilde

Este Setembro decidi regressar com calma às rotinas. Nem sei bem porque ano após ano acelerava só porque o ano lectivo começava.

Guardo no meu coração (e na minha memória) as recordações boas do verão, aquelas que quero revisitar e ter presente nesta nova etapa. Sei que me ajudarão nos dias mais difíceis.

Alinhada comigo mesma depois de uns meses em que tive tempo para as várias dimensões do meu ser, sei o que quero. Com tranquilidade, informei os miúdos: “no verão é mais descontraído, relaxo mais na confecção da comida, agora é hora de nos pormos na estrada certa de novo.” Inspirada pelo mais recente livro do Joana Moura, Simples e Saudável estou imparável e muito determinada (prometo voltar noutro dia para escrever sobre como “agarrar três adolescentes pela barriga” 😉 ).

Expressei as minhas necessidades acerca do descanso e ouvi as deles acerca do tempo para estar com os amigos, da participação nas actividades desportivas e estamos a ensaiar o que melhor poderá funcionar para os quatro.

Decidi o que lhes queria ensinar durante este ano lectivo, consciente de que eles poderão querer aprender ou não. Partilhei com eles. Coisas talvez pouco importantes aos olhos do mundo mas que para mim, na forma como olho para o meu papel de mãe são tão importantes como os resultados escolares e os trabalhos de casa. Ensinar e apoiar a descoberta:

  • de como melhorar o sentido de orientação
  • de como ser mais organizado e ganhar tempo para o que gosto
  • do que poderei gostar de estudar no futuro
  • de como poderei gerar o meu dinheiro de bolso

Estou profundamente encantada com a adolescência. A força, a vitalidade, a esperança, a determinação em lutar por aquilo em que acreditam inspira-me a alma, desperta em mim o desejo de conhecer mais. Aprofundar o que aprendi na faculdade, ligar a teoria com a vida real, é disso que eu gosto.

Como inspiração para o caminho que queremos percorrer levamos connosco a frase “Devo conquistar o amor praticando-o no serviço desprendido.” (Pe K.)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s