Quarto

Verão: pausa e recomeço

20160810_114134

Já há alguns anos que aproveito a época em que os miúdos estão com o pai para me retirar. Só eu. Voltada para mim mesma. Procuro que seja um tempo de recolhimento, de verdadeiro parar, sem que haja lista de coisas para executar, pensar ou decidir. Percebi, das primeiras vezes, que era fácil adiar a concretização deste projecto. Como se o cenário ideal nunca chegasse e eu nunca pudesse ir (conseguia inventar mil e uma razões para não concretizar o que eu tanto desejava). Estarmos sós, connosco mesmo pode ser desafiante e desconcertante. Percebi que o que me travava era a sensação de que a Sandra que partia seria diferente da que regressaria, sem saber o que aconteceria, que descobertas faria. Parti para o primeiro retiro com aquela sensação de borboletas na barriga. Voltei revigorada e com o desejo de repetir a experiência. Desde então, pelo menos uma vez no ano, parto. Recolho-me. O tempo que for possível (este ano foi um fim de semana – de 6ª feira ao fim do dia até domingo), sem recriminações ou lamentações por não poder ser mais.

Este tempo de paragem é, para mim, sinal do encerramento de um ciclo, de uma etapa. Hoje está claro que a minha vida é marcada pela cadência dos anos escolares. Durante imenso tempo senti que tinha dois inícios de ano: um algures entre Agosto e Setembro e outro em Janeiro (mas o que para mim era mais forte, era o ano começava depois do verão). Muitas vezes pensei que estava desalinhada com o mundo e com os anos civis. Mas talvez não seja a única já que é frequente receber, entre Setembro e Outubro, mais pedidos de ajuda de pessoas que, regressadas de férias, estão decididas a fazer mudanças nas suas vidas.

E sabem o que é mais curioso? Algo que sempre me irritou? As agendas estão organizadas de acordo com anos civis e portanto não reflectiam o meu ciclo de vida. Sempre andei a braços com esta questão. De tal forma que este ano fiquei maravilhada com uma descoberta: agendas de adultos (e para adultos!) com início em Agosto e término em Julho do ano seguinte! Com a cabeça e o coração no retiro que iria fazer, abandonei a minha tão querida agenda de 2016 e comprei uma nova!

Anúncios

2 thoughts on “Verão: pausa e recomeço

    1. Pois é Hiolanda, as agendas escolares têm sido a minha opção até agora mas quando encontrei esta fiquei encantada porque é um “dois em um” – acompanha o ritmo escolar mas tem um “ar civil” 🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s