Quarto dos miúdos

Altos e baixos da maternidade

IMG_0268

A estrada da maternidade por muito boa que seja, nem sempre é linear. Tem altos e baixos. Picos e vales. E, a grande sabedoria é percorrê-la com o que vamos tendo em cada momento. Hoje quero falar-vos do momento em que partilhei com os meus filhos o diagnóstico que me tinha sido feito. Foi intenso e desafiante.

A semana que antecedeu o dia em que partilhei a notícia com eles foi vivida com alguma ansiedade, sentimentos e emoções contraditórios. Procurei manter-me tranquila, focada no inicio do ano lectivo – é uma época de que gosto muito porque me lembra os tempos de criança, em que recordo a alegria que experimentava ao comprar o material escolar. Sabia que era fundamental eles começarem com tranquilidade o novo ano lectivo, os momentos que se avizinhavam seriam turbulentos. Por dentro, no meu coração, ia imaginando como aconteceria aquela conversa. Ia estar sozinha com eles, sem outro adulto para me apoiar ou partilhar a responsabilidade. O que tinha coisas boas e más – se por um lado estaria só, por outro, seria exactamente como eu quisesse. Na minha cabeça ia desfiando recordações passadas, momentos em que lhes comunicara coisas importantes – o divórcio, a mudança de casa, a troca de carro, o namorado novo… Tinha sido capaz. Isso “empoderava-me”.

O dia chegou. O almoço estava quase no fim. Sabia que tinha que ser. No estômago sentia as borboletas. Avancei. Comuniquei. Custou a primeira frase. A voz termia. Depois foi só responder às perguntas que foram fazendo. Dar esperança, colo, mimo. Limpar lágrimas. Relembrar que o lema da nossa família, nesse ano, era o de confiar e que chegara o momento de o viver plenamente.

Era um dia de sol morno. Era Setembro. A tarde seguiu com a naturalidade possível, saboreando um gelado, apanhando ar. Sentia-me exausta mas aliviada. Sentia que íamos todos crescer e que o caminho era em frente, consciente que crescer, às vezes, dói e custa.

Com o trabalho desenvolvido na Family Coaching aprendera a importância de procurar a resposta à pergunta “o que é que eu quero?” Da minha experiência do trabalho como psicóloga em contexto hospitalar, guardava a ideia de que só devemos responder às perguntas que nos são feitas – nem mais, nem menos, dar apenas a informação que nos é solicitada. E foi assim que construí, na minha cabeça, como seria o momento – onde estaríamos, em que altura do dia, como me quereria sentir, o que gostaria de partilhar com eles e que mensagem queria que guardassem nos seus corações. Sei que tudo aconteceu à medida das suas necessidades e curiosidades e do que me fazia sentido. O coaching parental tem-me ensinado isto – que não preciso de pautar a minha vida pelas regras dos outros; que o que realmente importa é descobrir o que me faz sentido e está alinhado com os meus valores.

Como acontece habitualmente, aproveitei a oportunidade para fortalecer laços (entre nós os quatro e com aqueles que nos rodeiam).  Talvez a experiência mais forte tenha sido a da importância de pedir (e aceitar!) ajuda, de descobrir os recursos que temos aos nosso dispor e de, sem medos nem vergonhas, usá-los. Sei que nem sempre é fácil pois vivemos com a ideia de que somos (ou devemos ser!) super-mães e auto-suficientes.

Porque acredito que posso ir inspirando outras mães (e pais!) resolvi partilhar na Lx4Kids esta nossa aventura que nos permitiu novas descobertas, novos vôos nunca antes imaginados.

Anúncios

4 thoughts on “Altos e baixos da maternidade

    1. É incrível, Teresa, como tão facilmente nos esquecemos de nós. Aprendi que amá-los é também cuidar de mim primeiro para depois os fazer crescer, desenvolver… Apoiá-los a percorrer o seu caminho.

      Gostar

  1. Querida Sandra, é dificil comunicar aos nossos filhos temas dificeis. As suas palavras foram totalmente absorvidas. É uma MÃE de mão cheia. Um grande beijinho. Alexandra

    Liked by 1 person

    1. Pois é Alexandra, descobri que se confiarmos em nós e neles (que farão as perguntas que precisam e que nós saberemos responder com o que sabemos, podemos e trazemos connosco no momento), tudo fica mais fácil!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s